quarta-feira, 30 de abril de 2014

ANOTE SEUS COMPROMISSOS E DEIXE SEU CÉREBRO RESPIRAR

Estava eu hoje conversando com minha irmã, por telefone. O telefone é importante para que a gente possa ouvir a voz das pessoas que temos saudade. É claro que se falássemos pelo computador, usando a Internet, seria muito melhor pois ainda poderíamos nos ver. (Mas somos do tempo antigo! Nem nos lembramos de ir ao computador!)

Mas sobre o telefonema para minha irmã, como ela mora longe, e ficamos muito tempo sem nos ver, os papos às vezes são bem longos! E hoje foi um desses dias! A conversa começou animada cada uma contando sobre suas últimas novidades, como vai esse ou aquele membro da família, o que cada uma de nós tem feito. Mas, lá pelas tantas, começamos a ‘filosofar’, a falar sobre o que queremos da vida, o que já conseguimos, onde queremos chegar. E foi aí que o papo ficou gostoso!!

Falamos sobre o quanto é importante conseguirmos colocar ‘foco’ em nossas metas. De nada adiante querer alguma coisa se não prestarmos muita atenção nisso, se não colocarmos nossa energia a favor de nossos objetivos. Eu tenho um livro muito bom, bem prático, que trata sobre esse assunto: “A Arte de Fazer Acontecer”, de David Allen. Ou seja, para que algo aconteça é preciso “fazer acontecer”, colocar todo empenho possível em nossos projetos. Nossa conversa girou em torno desse assunto. Minha irmã está iniciando um negócio de confecção de doces caseiros e falávamos sobre a dificuldade de trabalhar em casa. Ela me contava o quanto é difícil fazer seu horário de trabalho dentro da própria cozinha, com os filhos e marido por perto, cada um querendo também um pouco de atenção.
Dizem que “o mundo conspira a nosso favor” sempre que queremos muito alguma coisa. Nós duas também conversamos sobre isso. Quando conseguimos prestar atenção, focar, estar com nossos sentidos voltados completamente para nossos objetivos, parece que tudo começa a acontecer. A gente encontra a pessoa certa, o livro certo, tudo vem ao encontro daquilo que estamos fazendo e que pretendemos colocar em prática. É incrível!
Mas não podemos perder oportunidades! É preciso que estejamos atentos, ligados nos nossos objetivos. Uma dica interessante para se colocar em prática, e que consta no livro que citei acima, é sobre um requisito básico para se administrar compromissos. O autor recomenda que se faça uma lista de compromissos indicando inclusive o que se precisa fazer com relação a cada evento. Ou seja, é bom que se possa tirar da mente tudo que não precisaria estar nos preocupando escrevendo isso em algum lugar de fácil acesso e visualização. Essa atitude parece muito simplista mas a maioria das pessoas não escreve seus compromissos e gasta muito tempo e energia enquanto os memoriza. Conforme o autor cita em seu livro, “essa preocupação constante e improdutiva com todas as coisas que temos a fazer é o maior consumidor individual de tempo e energia” (Kerry Gleeson)

Então, escrevam seus compromissos e pensamentos que o preocupam em um papel ou faça lembretes e vá colando pela casa, pelo seu escritório, em qualquer lugar que você vai enxergar a todo momento. E deixe seu cérebro respirar e se preocupar com o que realmente interessa que, no caso de minha irmã, é como produzir seus doces comercialmente. Como fazer esta atividade dar lucro. E esse foi nosso “papo cabeça”, nossa troca de ideias. Até a próxima!!

2 comentários:

Pedro Seidl disse...

Amei o texto! E amei nossa conversa por telefone! Bjs.

Bisnonna disse...

Adorei o texto e a conversa com minhas queridas filhas. Também adorei o comentário do Pedro Bjs